sexta-feira, 10 de julho de 2020

“Detido por dano em viatura policial”

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Oeiras, no dia 09 de julho procedeu à detenção de 1 homem com 34 anos de idade, por pender sobre o mesmo um mandado de detenção para o cumprimento de 100 dias de prisão efetiva, pelo crime de dano qualificado.

No dia 17 de Junho de 2016 os polícias estacionaram a viatura policial para se deslocarem a uma ocorrência. Quando regressaram verificaram marcas de pegadas em cima do capô e do tejadilho da viatura, verificando também uma amolgadela.

Após pesquisas em redes abertas, verificou-se uma fotografia do suspeito em cima da viatura policial estacionada naquele local, não havendo dúvidas que teria sido o autor do Ilícito.

O detido foi transportado ao Estabelecimento Prisional de Lisboa para cumprimento da respectiva pena.     

“Detido por Roubo”

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial da Amadora, no dia 08 de Julho, pelas 19H45, procedeu à detenção em flagrante delito de um indivíduo com 20 anos de idade, pela prática do crime de roubo.

A presente detenção ocorreu na sequência de uma denúncia de um transeunte que informou os polícias que numa rua adjacente estava um homem a ameaçar outro com uma faca. De imediato, os polícias deslocaram-se para o local e verificaram de imediato, o suspeito, sendo que o mesmo, assim que visualizou a viatura policial atirou uma faca de grandes dimensões para o chão, numa tentativa de a dissimular.

O suspeito aquando da sua interceção, reagiu de forma violenta empurrando um dos polícias no peito quando este se aproximou e começando a insultar e ameaçar os restantes polícias. Através de técnicas de mãos livres, os polícias conseguiram controlá-lo e algemá-lo.

Em acto contínuo, contactaram com a vítima, assegurando-se que estava bem e sem qualquer ferimento. A vítima, explicou que o suspeito o tinha abordado a exigir dinheiro, ameaçando-o com a faca e avançando para ele.

O detido foi presente no Tribunal Judicial da Comarca Lisboa-Oeste – Juízos da Amadora, tendo-lhe sido aplicada a medida de coacção de Apresentações Bissemanais.

“Detido por tráfico de estupefaciente”

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 3.ª Divisão Policial, no dia 08 de Julho, na Freguesia do Lumiar, em Lisboa, procedeu à detenção de um homem com 36 anos de idade, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes.

Pelas 17H30, polícias que estavam em patrulhamento, verificaram um indivíduo numa viatura e, quando se aproximaram da mesma, sentiram um forte odor a produto estupefaciente pelo que procederam à fiscalização do indivíduo. O suspeito logo confirmou as suspeitas e entregou voluntariamente o estupefaciente que tinha consigo, totalizando  80 doses de Haxixe, pelo que lhe foi dada voz de detenção.

O detido foi  libertado e notificado para comparência no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa.

quinta-feira, 9 de julho de 2020

“2 detidos em flagrante por furto no interior de viatura”

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 3.ª Divisão Policial, no dia 08 de julho de 2020, na freguesia de Benfica, em Lisboa, deteve em flagrante delito, dois homens com 20 e 21 anos de idade, pela prática do crime de furto em viatura.

Os suspeitos foram intercetados pela PSP após terem, desmontado o friso superior da porta do lado do condutor, de forma a conseguirem aceder ao seu interior. Pela rápida intervenção da PSP, foi possível evitar a consumação do furto e contactar o proprietário que formalizou a respetiva denúncia.

Os detidos, já com diversos antecedentes criminais, por crimes contra a propriedade, foram libertados e notificados para comparência no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa – Secção de Pequena Criminalidade, para aplicação da medida de coação, não tendo comparecido.

“PSP detém 3 suspeitos por tráfico e posse de armas de fogo”

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 07 de junho, pelas 16H30, na freguesia de Santa Maria Maior, zona da Mouraria, procedeu à detenção de 2 homens e 1 mulher, com idades compreendidas entre os 22 e os 47 anos, por terem sido intercetados em flagrante delito na prática do crime de tráfico de estupefacientes e posse de armas de fogo.

No decorrer das diligências investigatórias, levadas a cabo no âmbito do combate ao tráfico de estupefacientes na vertente da venda direta ao consumidor, nos últimos meses numa zona habitualmente afetada por este tipo de fenómeno criminal, logrou-se recolher elementos de prova suficientes para precipitar uma ação operacional no local visando deter os seus principais perpetradores.

Foi então possível interceptar num primeiro momento os executantes que detinham o controlo do ponto de venda de droga, deslocando-se, sempre que necessário, à habitação da detida a fim de se abastecerem de estupefaciente ao longo do dia sem serem detetados, cabendo a esta a guarda e depósito do mesmo. Na posse dos suspeitos foi possível encontrar e apreender o seguinte:
37 Doses de cocaína;
27 Doses de heroína; e
15 Doses de haxixe.

Em ato complementar e subsequente, visando acautelar a detenção da suspeita, foi apreendido da sua residência:
331 Doses individuais de Cocaína;
290 Doses individuais de Heroína;
Cerca de 160 gramas de produto de corte para misturar com o estupefaciente;
Balança de precisão;
20.000 Euros em numerário do BCE;
1 espingarda de cano longo calibre 12.;
3 revolveres:
o dois de calibre .32, marca TAURUS e CHESTER; e
o e outro de calibre .25, marca Astra.
1 colete balístico;
Outros objectos relacionados com a preparação e acondicionamento do estupefaciente. 

Os detidos, alguns deles com antecedentes criminais por este tipo de crime, e já detidos várias vezes pela PSP, foram presentes na Instância Central, Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva a um deles, Apresentações diárias a outro e ao terceiro detido, Apresentações dia sim, dia não.



quarta-feira, 8 de julho de 2020

“Detido por furto qualificado”

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Cascais, no dia 05 de julho, pelas 21h30, na União de Freguesias de Cascais e Estoril, procedeu à detenção de um homem de 24 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime furto qualificado no interior de uma residência.

Na sequência de uma chamada que dava conta de um indivíduo introduzido ilegalmente numa residência, os agentes da PSP, intercetaram o suspeito em flagrante delito que, através do método de escalamento, se havia introduzido na casa com a intenção de consumar o furto de bens que ali encontrasse. Aquando da sua interceção, o suspeito tinha na posse artigos pertencentes aos proprietários da mesma, num valor total de 2307,83 Euros.

Este homem já havia sido intercetado, duas semanas antes, pelo furto de motociclo, quando se preparava para furtar um veículo automóvel.

O detido, já com antecedentes criminais pela prática de crimes contra a propriedade, foi presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Cascais, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

segunda-feira, 6 de julho de 2020

“Detido por roubo na via pública”



O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, no dia 05 de julho, pelas 10h40, na freguesia de Santa Maria Maior, procedeu à detenção de um homem de 26 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime roubo.
No âmbito de ações de policiamento preventivo de ilícitos criminais na baixa de Lisboa, os agentes da PSP conseguiram intercetar o suspeito que encetou fuga, após ter subtraído de forma violenta, uma quantia avultada de dinheiro a um cidadão que efetuava um levantamento no ATM.
Após perseguição apeada o suspeito foi imobilizado e detido, sendo apreendida a quantia monetária de 460 Euros que se encontravam na sua posse. De referir que o suspeito se encontrava em liberdade por força do regime excecional de flexibilização da execução das penas e das medidas de graça, no âmbito da pandemia da doença COVID-19.
O detido será presente no dia de hoje no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa,  para aplicação da respetiva  medida coativa.

“Detidos por furto em estabelecimento”



O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal e da 1ª Divisão Policial, no dia 03 de julho, procedeu à detenção de um homem de 31 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime furto qualificado.
Na sequência de várias denúncias e informações criminais recolhidas, nesta época de pandemia a PSP montou um dispositivo apto a neutralizar focos recentes de furtos em estabelecimentos, visando intercetar os seus perpetradores e responsabilizá-los criminalmente. 
Desta forma, na madrugada do dia 03 de julho, o suspeito foi detido em flagrante delito quando após arrombar a porta do estabelecimento, introduziu-se no seu interior e furtou várias garrafas de bebidas e artigos no valor de 249.60 euros.
Na posse dos artigos furtados o suspeito abandonou o estabelecimento deslocando-se a uma artéria adjacente onde os guardou, de seguida, ainda não satisfeito com o produto do furto quando se deslocava novamente em direção ao estabelecimento, foi surpreendido pela rápida e eficaz ação policial que possibilitou a sua interceção e a recuperação total dos bens furtados, que foram entregues ao seu legítimo proprietário.
O detido, já com um histórico criminal bem extenso, sobretudo no quadro de crimes contra o património, e já indiciado várias vezes no passado por furto a estabelecimentos, foi presente no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, para efeitos de 1ºInterrogatório Judicial, tendo-lhe aplicada a medida de coação de apresentações trissemanais.