sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Detido por Roubos a Taxistas

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 5 de setembro, pelas 20h30, na freguesia de Belém, em Lisboa, procedeu à detenção fora de flagrante delito de 1 homem, com 30 anos de idade, por o mesmo ser suspeito de crimes de Roubo a Taxistas.

A atuação do suspeito era direcionada para assaltar os taxistas após a corrida. No momento em que chegava ao destino indicado por si e através de ameaça com uma faca de cozinha, consumava os roubos aos motoristas.

Esta prática veio a render-lhe o total de 300 euros em dinheiro e um telemóvel avaliado em 330 euros.

No dia da detenção, o suspeito foi detetado pelos polícias no momento em que pediu nova corrida de táxi. Veio a abandonar a viatura táxi, já com esta em movimento e fugiu a pé, após dar conta da presença policial. 

Tinha consigo uma faca de cozinha - que veio a ser apreendida -, tudo indicando que iria praticar novo roubo a taxista. Com esta faca, tentou ainda evitar a sua detenção, usando-a para coagir os polícias de Investigação Criminal, sendo por estes manietado e assim neutralizada a ameaça e consumada a detenção.

O detido, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, foi presente no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa – Juízo de Instrução de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva.

4 Detidos por Sequestro e Tráfico de Estupefacientes

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Loures, no dia 06 de setembro, na freguesia de São João da Talha - Loures, procedeu à detenção, em flagrante delito, de 4 homens, com idades compreendidas entre os 24 e os 28 anos, por serem suspeitos da prática do crime de sequestro e de tráfico de estupefacientes.

Ao receber a notícia da possível existência de uma pessoa sequestrada numa residência, os polícias da PSP deslocaram-se de imediato ao local, onde verificaram que efetivamente se encontrava 1 homem, com 22 anos de idade, retido contra sua vontade no interior de uma residência. O Comandante Tático da PSP ordenou a um primeiro suspeito, com o qual entretanto foi possível estabelecer contacto, a imediata libertação da vítima, o que foi feito.

O suspeito foi imediatamente detido. Foi possível apurar que a vítima encontrava-se limitada na sua liberdade contra sua vontade devido a dívidas de dinheiro que teria perante este suspeito.

Em virtude do dispositivo policial no local se ter apercebido que se encontravam mais pessoas no interior da residência, foi desencadeada uma busca domiciliária, com entrada tática executada pela Equipa de Intervenção Rápida da Divisão Policial de Loures, com o intuito de perceber se existiam mais vítimas no interior da residência, o que não se veio a confirmar.

Porém, desta busca acabou por resultar a detenção por tráfico de estupefaciente de mais três indivíduos do sexo masculino que se encontravam no interior da residência, por ter sido encontrado na sua posse 73 doses de Liamba, 119 doses de Cocaína, 67 doses de Haxixe e 7 pés de Canábis.

Foi ainda apreendida uma estufa doméstica para a plantação de Canábis, €4.700 em numerário e diversos equipamentos e substâncias que suportam a suspeita de que a residência era utilizada pelos suspeitos para a prática do crime de tráfico de estupefaciente.

Paralela e supletivamente, foi ainda possível recuperar uma bolsa com documentos que haviam sido furtados no início do corrente mês no Aeroporto Humberto Delgado - Lisboa. Efetuadas diligências no sentido de se contactar com a sua legítima proprietária, os artigos que lhe haviam sido furtados foram-lhe prontamente entregues. 

Os quatros detidos foram presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Norte – Loures, para 1.º interrogatório judicial, e aplicação das medidas de coação.

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Detido por roubos no Metro de Lisboa e CP



O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 29 de agosto, pelas 22h30, procedeu à detenção de um homem, com 29 anos de idade, por ser suspeito da prática de 5 crimes de roubo.
Tendo a PSP conhecimento da prática dos crimes praticados no interior e nas imediações das estações do metropolitano de Lisboa e da CP no início de agosto, foram desde logo iniciadas as investigações.
O suspeito ameaçava as vítimas com uma faca e dessa forma coagia-as a irem ao multibanco onde levantava dinheiro com os seus cartões, tendo lucrado mais de 2000€.
Na sequência destas diligências confirmaram-se as suspeitas permitindo chegar à identidade da pessoa que havia cometido os roubos e, em menos de 1 mês, procedeu à sua detenção.
Os polícias da PSP que procederam à detenção do suspeito já o tinham detido no ano de 2008 após ter praticado uma dezena de roubos com arma branca. Por esta vaga de crimes foi condenado a uma pena de 10 anos de prisão efetiva e encontrava-se em liberdade condicional desde maio deste ano.
Na sequência de Mandados de Detenção fora de Flagrante Delito, emitidos por Autoridade de Polícia Criminal, o detido foi presente no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, Juízo de Instrução de Lisboa, para 1º interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva.

Três detidos por Tráfico de Estupefacientes na zona do Miradouro

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 30 de agosto, na freguesia da Misericórdia, em Lisboa, procedeu à detenção, em flagrante delito, de 3 homens, em duas situações distintas, por serem suspeitos da prática do crime de tráfico de estupefacientes.

No decorrer de mais uma ação policial cujo propósito assenta no incutir sentimento de segurança nos cidadãos que residem em zonas onde são confrontados com venda de drogas nas ruas por onde circulam, causando desconforto social que a citada prática instala na sociedade.

O modo de atuação destes suspeitos passava pela venda direta ao consumidor, tendo sido intercetados enquanto realizavam a dita atividade ilícita na zona do Miradouro de Santa Catarina.

A primeira situação ocorreu pelas 18h00, em que foi detido 1 homem, com 26 anos de idade, na posse de 8 Doses de Haxixe e a quantia monetária de 110 Euros em notas do B.C.E., tendo ainda sido identificado 1 homem, com 30 anos, na posse de 21 Doses de Haxixe, que havia comprado ao detido.

A segunda situação foi pelas 22h15, tendo sido detidos 2 homens, com 16 e 18 anos de idade, por em comunhão de esforços se encontrarem a vender produto estupefaciente, sendo-lhes apreendido 65 Doses de Haxixe e a quantia monetária de 45, 20 Euros em numerário do B.C.E..

Os detidos, um dos quais com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, irão ser presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa – Juízo de Instrução de Lisboa, para 1º interrogatório judicial.

A PSP continua assim com uma estratégia de proximidade e combate à venda direta ao consumidor, que representa um dos principais potenciadores do sentimento de insegurança da população e nesta zona vem no seguimento das três detenções já ali efetuadas esta semana.

Detido por tráfico de estupefaciente

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial da Amadora, no dia 28 de agosto, pelas 19h15, na freguesia da Falagueira – Amadora, procedeu à detenção de um homem, com 28 anos de idade, por suspeita da prática do crime de tráfico de estupefaciente.

Na sequência de uma abordagem policial, o suspeito procurou a fuga mas foi rapidamente intercetado pelos polícias da PSP. Verificou-se que o cidadão tinha na sua posse tinha o equivalente a 58 doses individuais de cocaína, dentro de uma bolsa. 

O detido, já referenciado pela prática deste tipo de crime, foi presente no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste – Juízos da Amadora, para 1º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

"A PSP estava lá" - Perigos na Internet


O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, em parceria com a Ideacan, lança uma nova temática relativa à campanha de sensibilização: “A PSP estava lá”.

Esta nova campanha, tem o objetivo central de esclarecer o público sobre determinadas situações, promovendo orientações de como atuar nos diferentes cenários.

Pretende-se também estreitar, ainda mais, os laços entre a polícia e o cidadão, esclarecendo o papel e a importância da atuação da Polícia de Segurança Pública em variadas ocorrências, ao mesmo tempo que se procura transmitir à sociedade a certeza de que esta pode sempre contar com o apoio, presença e proximidade da PSP.

Nesta campanha, a PSP aparece representada através do blusão do uniforme, enquanto símbolo forte do elemento humano da instituição, que atua, resolve e apoia, ao mesmo tempo que envolve e protege as vitimas fragilizadas, abordando vários temas relacionados com os públicos-alvo com que trabalha diariamente. 

Em cada tema a vítima conta a sua história ficcionada, de forma a consciencializar o público sobre como este deve atuar em situações similares e com as quais a PSP lida regularmente. A 3º edição desta campanha aborda a temática dos perigos na internet com a chamada de atenção para o período de férias, em que as nossas crianças passam mais tempo ligadas às plataformas digitais, das quais podem advir diversos perigos. Pretende-se com esta temática sensibilizar os adultos para que mantenham um controlo mais assíduo à utilização da internet por parte das crianças e jovens, de forma a alertá-los para os perigos a que podem estar sujeitos diariamente.

Esta é apenas a 3ª edição desta campanha, mas até ao final do ano, serão lançadas novas temáticas.

sábado, 18 de agosto de 2018

Dia Internacional do Animal Abandonado

O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, em parceria com a Ideacan, lançou uma nova campanha de sensibilização: “A PSP estava lá”.

Esta nova campanha, tem o objetivo central de esclarecer o público sobre determinadas situações, promovendo orientações de como atuar nos diferentes cenários.

Pretende-se também estreitar, ainda mais, os laços entre a polícia e o cidadão, esclarecendo o papel e a importância da atuação da Polícia de Segurança Pública em variadas ocorrências, ao mesmo tempo que se procura transmitir à sociedade a certeza de que esta pode sempre contar com o apoio, presença e proximidade da PSP.

Nesta campanha, a PSP aparece representada através do blusão do uniforme, enquanto símbolo forte do elemento humano da instituição, que atua, resolve e apoia, ao mesmo tempo que envolve e protege as vitimas fragilizadas, abordando vários temas relacionados com os públicos-alvo com que trabalha diariamente. 

Em cada tema a vítima conta a sua história ficionada, de forma a consciencializar o público sobre como este deve atuar em situações similares e com as quais a PSP lida regularmente. 
Neste dia do Dia Internacional do Animal Abandonado pretende-se uma chamada de atenção para o abandono de animais, principalmente nesta época do ano.

Não abandone 

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

VERÃO AINDA MAIS SEGURO COM O “TWIZZY “ A PATRULHAR



O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Oeiras, a Oeiras Viva-Gestão de Equipamentos Sociais e Desportivos E.M. e a Vesauto, assinaram um protocolo de cooperação, no sentido de potenciar a segurança durante a época balnear, aliado a um conceito “verde”.


A VESAUTO, cedeu uma viatura 100% elétrica “Renault Twizy”, para que a segurança se faça de forma mais visível, dinâmica e não poluente.
Esta parceria estará em funcionamento durante toda a época balnear.