segunda-feira, 23 de abril de 2018

Dois carteiristas detidos

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, no dia 19 de abril, procedeu à detenção de dois homens, com 31 anos de idade, por serem suspeitos da prática do crime de Furto. 

Os arguidos trabalharam em conjugação de esforços, entre a estação do metro do Aeroporto Humberto Delgado e a aerogare. Enquanto um suspeito procedia à remoção da carteira do interior de uma mochila de uma turista, com a mão direita, segurando ao mesmo tempo com a outra mão, um mapa parcialmente aberto, de forma a ocultar o ato, o outro suspeito posicionava o corpo estrategicamente, por forma a ocultar a visibilidade dos passageiros que os rodeavam.

Os dois homens foram intercetados já no interior da aerogare na área das Chegadas do Aeroporto Humberto Delgado, na posse da carteira, contendo objetos subtraídos, os quais lhes foram apreendidos.

Os detidos foram presentes para primeiro interrogatório judicial de arguidos detidos, para aplicação das medidas de coação, tendo sido marcada audiência de julgamento para dia 4 de maio.

Detido para cumprimento de Pena de Prisão efetiva

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 5ª Divisão Policial, no dia 20 de abril, pelas 15h40, procedeu à detenção de um homem, com 38 anos de idade, sob o qual pendia Mandado de Detenção para cumprimento de Pena de Prisão efetiva.

O detido foi condenado ao cumprimento de três anos e nove meses de Prisão Efetiva, pelo crime de Furto, sendo conduzido ao Estabelecimento Prisional de Lisboa, para cumprimento da mesma.

Detido por Tráfico de Estupefaciente

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, no dia 18 de abril, procedeu à detenção de um homem com 34 anos, pela prática do crime de Tráfico de Estupefaciente.

A detenção foi consumada quando o condutor afirmou prontamente que tinha na sua posse 45 doses individuais de haxixe, para consumo próprio, após ter sido fiscalizado devido a uma manobra durante a condução, punida pelo Código da Estrada. 

O suspeito foi presente na Instância Local, Secção de Pequena Criminalidade de Lisboa, tendo sido aplicada a Suspensão Provisória do Processo.

Detido por Especulação

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, no dia 16 de abril, procedeu à detenção de um homem com 46 anos, por ser suspeito da prática do crime de Especulação.

A detenção foi consumada quando o suspeito, condutor de veículo táxi, foi intercetado após ter cobrado a quantia de 22 euros a um passageiro, por um transporte efetuado do centro de Lisboa até ao Aeroporto Humberto Delgado. No serviço efetuado, o taxímetro marcava, em serviço de tarifa diurna, um valor de 7,75 euros, tendo assim o detido cobrado um excesso de 14,25 euros.

O valor cobrado em excesso foi devolvido ao passageiro no ato da detenção.

O suspeito foi presente na Instância Local, Secção de Pequena Criminalidade de Lisboa, tendo ficado com julgamento marcado para dia 2 de maio.

9 Detidos por tráfico de estupefaciente no Centro de Lisboa

O Comando Metropolitano de Lisboa, através da Divisão da Divisão de Investigação Criminal, no âmbito de uma investigação em curso por tráfico de estupefacientes, pelas 10h00 do dia 20 de Abril de 2018, procedeu à detenção, em flagrante delito, de oito homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 17 e os 35 anos.

As detenções ocorreram após a realização de 9 mandados de busca domiciliária na zona de Alcântara, e recolha de diverso material probatório, a destacar:

  • 52 000 Doses de haxixe (cerca de 10 quilogramas);
  • 11 300 Doses de cocaína (cerca de 1,1 quilogramas);
  • 1000 Doses de Heroína
  • 2 770 Doses de Liamba;
  • 8 800 euros em dinheiro;
  • 5 Motociclos;
  • 3 Automóveis;
  • Diversos equipamentos de comunicações;

Os 9 detidos, que actuavam em conjugação de esforços, eram responsáveis pela introdução, distribuição e venda de grandes quantidades de estupefaciente na cidade de Lisboa.

Ainda ontem, presentes a primeiro interrogatório judicial na Secção de Instrução Criminal da Comarca de Lisboa, 4 arguidos aguardarão o desenrolar do processo em Prisão Preventiva e os restantes com apresentações periódicas na PSP.

Atividade da Valência de Trânsito do Cometlis

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da sua valência de trânsito, em toda a área metropolitana da sua responsabilidade, continuando os objetivos de prevenção e dissuasão da criminalidade e no domínio da segurança rodoviária, dando-se especial atenção à condução sob a influência do álcool/estupefacientes, cometimento de infrações graves/muito graves, falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório, falta de habilitação legal para conduzir, excesso de velocidade, utilização do telemóvel ou outros equipamentos durante a condução, transporte de menores sem utilização dos acessórios de segurança, desrespeito das regras de condução por parte dos condutores de velocípedes, bem como à circulação de veículos sem realização da inspeção periódica obrigatória, efetuou no período compreendido entre 13ABR2018 e 19ABR2018:

  • 93 Operações STOP;

No total foram fiscalizados:

  • 16661 Veículos Controlados por Radar;
  • 2550 Veículos Ligeiros; 
  • 231 Veículos Pesados;
  • 191 Transporte de aluguer – Ligeiros; e
  • 173 Motociclos/Ciclomotores/Velocípedes.

Foram contabilizadas 2505 infrações ao Código da Estrada, RST e RCE, nomeadamente:

  • 79 Telemóvel; 
  • 42 Circulação no Corredor “BUS”
  • 23 Falta de Cinto de Segurança/Sistema de Retenção de Criança;
  • 10 Prioridade na Passagem de Peões (Desrespeito pela Passadeira)

Sinistralidade Rodoviária;

  • Total de Acidentes – 362
  • Número de Feridos Graves – 2
  • Número de Feridos Leves – 121

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública informa ainda que continuará a realizar operações de fiscalização rodoviária, em áreas mais especializadas, como a presente situação.

Detido para cumprimento de Pena de Prisão efetiva

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Loures, no dia 20 de abril, procedeu à detenção de um homem com 54 anos de idade, sob o qual pendia Mandado de Detenção para cumprimento de Pena de Prisão efetiva.

O detido foi condenado ao cumprimento de 13 meses de Prisão Efetiva pelo crime de Condução sem Habilitação Legal, sendo conduzido ao Estabelecimento prisional de Lisboa para cumprimento da mesma.

Carteirista detido após Apresentação Diária na Esquadra da PSP

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 18 de abril, pelas 13h45, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, na sequência da monitorização e combate ao fenómeno de furtos de carteira nas zonas históricas de Lisboa, procedeu à detenção, em flagrante delito, de um homem 54 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de Furto.

Os Polícias aperceberam-se que o suspeito, acompanhado por um outro que conseguiu fugir, estavam sentados junto à esplanada a tentar tirar a mala a uma turista. Enquanto um dos suspeitos vigiava eventuais movimentações policiais, o outro, retirou a carteira da mala que a ofendida tinha nas costas da cadeira, tentando de seguida fugir do local, não o conseguindo por ter sido intercetado pelos polícias da PSP.

Após a interceção, a carteira com os seus documentos, cartões bancários e dinheiro, foram devolvidos à vítima a qual ainda nem se tinha apercebido do furto.

O suspeito já referenciado por este tipo de crime, estando inclusive sujeito à medida de coação de Apresentações Diárias num outro processo também por furto de carteiras, cometeu este furto apenas dez minutos depois de se apresentar na Esquadra da PSP e a escassos 200 metros desta.

O detido foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, apesar de ter já uma medida de coação mais grave, como acima referido, viu ser-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.