terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Detido por Posse de Arma Proibida



O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão Policial de Oeiras, no dia 08 de janeiro, procedeu à detenção de 1 homem de 28 anos de idade, pela suspeita da prática de crime de Posse de Arma Proibida.

No âmbito de uma investigação criminal e das diligências subsequentes, foi possível apreender o seguinte material:

  • 1 Revolver, de calibre 6,35mm;
  • 5 Munições, de calibre 6.35mm;
  • 1 Soqueira.

O detido foi presente no Ministério Público de Oeiras, para 1º Interrogatório Judicial, tendo o processo baixado a inquérito para investigação.

Três carteiristas detidos

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da 4ª Divisão Policial, no dia 19 de janeiro, na freguesia de Belém, procedeu à detenção de dois homens e uma mulher, pela suspeita da prática do crime de Furto por carteirista.

Esta detenção resulta de uma ação de prevenção que visava a deteção e a monitorização de grupos organizados que se dedicam ao furto por carteirista. 

Após escolherem a vítima, encenavam ser turistas tirando fotografias enquanto um deles retirava uma carteira da mala da mesma, sem que esta se apercebesse. 

Devido à rápida intervenção policial, os bens subtraídos foram prontamente recuperados e restituídos à sua legítima proprietária, no entanto, e ainda no decorrer do encalço dos suspeitos, um deles encetou fuga, tendo sido movida perseguição apeada por um dos policias da PSP, sendo intercetado poucos metros depois.

Os detidos, já com antecedentes criminais relativos ao mesmo tipo de crime, foram presentes para 1º Interrogatório Judicial, tendo sido aplicada, a dois deles, a medida de coação de Apresentações Semanais e, a um deles, Apresentações Diárias.

Detido por crime de Falsificação de Documentos

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, no dia 20 de janeiro, procedeu à detenção de um homem de 27 anos, pela suspeita da prática do crime de Falsificação de Documentos.

A detenção foi efetuada no decurso de uma fiscalização rodoviária, quando o condutor exibiu uma carta de condução, cujas características evidenciavam a sua adulteração. Esta verificação técnica foi confirmada pela inexistência de registo junto do Instituto de Mobilidade Terrestre, pelo que, o detido incorre, também, na suspeita da prática do crime de Condução sem Habilitação Legal. 

O condutor afirmou ter adquirido o título habilitante há cerca de seis anos atrás numa suposta escola de condução de um país europeu tendo para isso pago a importância de 1000 Euros.

O arguido foi presente no Tribunal de Pequena instância Criminalidade de Lisboa, tendo sido decretado a Suspensão Provisória do Processo e o pagamento de 300 Euros para uma Organização Não Governamental. 

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Detidos por Furto

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão Policial de Oeiras, no dia 20 de janeiro, pelas 05h00, procedeu à detenção, em flagrante delito, de uma mulher e de um homem, de 35 e 39 anos de idade anos de idade respetivamente, pela suspeita da prática de crime de furto.


Os detidos dedicavam-se ao furto de combustível de máquinas de construção e camiões, através do arrombamento dos depósitos.

Após diligências investigatórias, foi-lhes apreendido:

  • 3 Jerricans cheios de gasóleo;
  • 2 Mangueiras para retirar o combustível dos depósitos;
  • Ferramentas para o arrombar; e
  • 1 Viatura. 

Os detidos foram presentes no Ministério Público de Oeiras, para 1º Interrogatório Judicial, tendo o processo baixado a inquérito para investigação.

Identificação após embate em viatura policial

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão de Trânsito, no dia 22 de janeiro, procedeu à identificação de uma mulher de 55 anos, suspeita da prática do crime de Condução sob efeito de Álcool. 

A identificação decorreu na sequência de um acidente rodoviário em que a mulher identificada conduzia uma viatura que embateu num veículo policial que sinalizava obras na via pública. Após efetuar teste para despistagem, a condutora acusou uma taxa de álcool no sangue 1,58 g/L.

Do acidente apenas resultaram danos materiais, ficando ambas as viaturas impossibilitadas de circular pelos próprios meios.

Jovem detido por Roubo

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 19 de janeiro, pelas 10h30, procedeu à detenção de um jovem de 16 anos de idade, pela suspeita da prática do crime de Roubo.

Este jovem atuava nas linhas do Metropolitano de Lisboa e tudo leva a crer que terá praticado dez crimes de roubo no hiato temporal de dois meses. 

O suspeito circulava no metropolitano e monitorizava as vítimas, aguardando a chegada às estações, altura em que, antes das portas fecharem, retirava os telemóveis das mãos dos proprietários, impossibilitando a reação destes e colocando-se em fuga. No total, o valor estimado dos artigos roubados ronda os cinco mil euros.  

O detido foi presente a juízo, para ser sujeito a 1.º Interrogatório judicial, tendo sido aplicada a medida de coação de Prisão Domiciliária.

33 Autos por falta de Falta de Cinto de Segurança/Sistema de Retenção de Criança e 28 por Desrespeito ao Sinal Vermelho

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Trânsito e Esquadras de Trânsito das Divisões do Cometlis, na sua área de responsabilidade, continuando os objetivos de prevenção e dissuasão da criminalidade e no domínio da segurança rodoviária, dando-se especial atenção à condução sob a influência do álcool/estupefacientes, cometimento de infrações graves/muito graves, falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório, falta de habilitação legal para conduzir, excesso de velocidade, utilização do telemóvel ou outros equipamentos durante a condução, transporte de menores sem utilização dos acessórios de segurança, desrespeito das regras de condução por parte dos condutores de velocípedes, bem como à circulação de veículos sem realização da inspeção periódica obrigatória, efetuou no período compreendido entre 12JAN2018 e 18JAN2018:

  • 72 Operações STOP;
  • 10 Operações de Visibilidade; e 
  • (218horas) em Policiamentos (Manifestações, Procissões, deslocações de Membros do Governo Português, Simulacros, Provas desportivas, Jogos de Futebol, etc…)


No total foram fiscalizados:

  • 28455 Veículos Controlados por Radar;
  • 4830 Veículos Ligeiros; 
  • 122 Transporte de aluguer - Ligeiros;   
  • 83 Motociclos/Ciclomotores; e
  • 80 Veículos Pesados.


Foram contabilizadas 2266 infrações ao Código da Estrada, RST e RCE, nomeadamente:

  • 1059 Velocidade:
    • Leves – 1
    • Graves - 898
    • Muito Graves - 160
  • 237 Estacionamento Irregular;
  • 136 Inspeções; 
  • 90 Circulação no corredor “BUS”;
  • 78 Telemóvel;
  • 64 Transporte de aluguer - Ligeiros;
  • 62 Linha contínua separadora de vias de trânsito;
  • 44 Manobras Irregulares dos Condutores (automóveis);
  • 33 Falta de Cinto de Segurança/Sistema de Retenção de Criança;
  • 30 Falta de Seguro;
  • 29 Veículos Apreendidos; 
  • 28 Desrespeito ao Sinal Vermelho;
  • 27 Infrações de Álcool:
    • Muito Graves – 17
    • Graves – 10
  • 21 Pneumático;
  • 19 Alteração de características no veículo;
  • 16 Título de Condução caducado;
  • 15 Linha contínua delimitadora de sentidos de trânsito; e
  • Outras Infrações Diversas – 278.

Detenções

  • Condução sob efeito de Álcool – 9
  • Falta de habilitação legal para condução – 7
  • Crime de especulação – 1
  • Interdição de conduzir (Desobediência) – 1
  • Veículo apreendido (Desobediência) - 3
  • Injúrias/Agressão ao Agente – 1
  • Desobediência à realização do Teste de Álcool - 1


Sinistralidade Rodoviária

  • Total de Acidentes – 332
  • Número de Mortos - 4
  • Número de Feridos Graves - 1
  • Número de Feridos Leves – 123


Prisão Preventiva por Tráfico de Estupefacientes

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão Policial de Sintra, no dia 18 de janeiro, procedeu à detenção três suspeitos, dois homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 21 e os 38 anos de idade, pela suspeita de autoria do crime de Tráfico de Estupefacientes.

No âmbito de uma investigação criminal e das diligências subsequentes, foi possível efetuar buscas domiciliárias, tendo sido localizado e apreendido o seguinte material:   

  • 1918 Doses de produtos estupefaciente suspeito de ser haxixe;
  • 575,50 Euros em notas e moedas do Banco Central Europeu;
  • Diverso material para preparação, corte e acondicionamento do produto estupefaciente.
  • 3 Telemóveis;
  • Equipamento eletrónico suspeito de recetação; e
  • 3 canídeos que se encontravam no interior de uma habitação para guardar o estupefaciente.

Os detidos foram presentes ao Tribunal de Sintra, tendo sido aplicada à mulher Termo de Identidade e Residência e aos homens a medida de coação mais gravosa - Prisão Preventiva.