sexta-feira, 6 de abril de 2018

Prisão Preventiva para detida por Burla

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 03 de abril, pelas 07h20, na freguesia de Marvila, procedeu ao cumprimento de mandado de detenção, emitido pela Autoridade Judiciária, de uma mulher, com 45 anos de idade, por ser suspeita da prática do crime de Burla Informática.

No decorrer de uma investigação que durou cerca de um ano, foi possível apurar que a suspeita tinha como missão cuidar de pessoas idosas, permitindo-lhe conquistar a confiança daquelas, tendo, assim, ficado na posse de cartão de débito e respetivos códigos de uma vítima.

Após cumprimento de busca domiciliária, foi possível apreender documentos que ajudaram a demonstrar que aquela auxiliar de geriatria lucrou, com a sua atuação, cerca de 22.000 Euros.

A detida, com antecedentes criminais, foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva.

Sem comentários:

Enviar um comentário