sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Prisão Preventiva para detidos por Furto

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 07 de fevereiro, pelas 12h00, na Avenida da Ponte, em Lisboa, procedeu à detenção, em flagrante delito, de três homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 31 anos de idade, todos estrangeiros, por serem suspeitos da prática de crimes de Furto no interior de residência através de arrombamento e escalamento.

No dia 07 fevereiro, entre as 09h30 e as 10h45, assaltaram duas residências sitas na Avenida Barbosa do Bocage, em Lisboa, tendo para o efeito arrombado a porta de entrada.

Destas residências lograram furtar artigos em ouro e quantias monetárias. Na primeira residência furtaram bens no valor de 1.500,00 Euros e na segunda residência apoderaram-se de valores avaliados em 2.400,00 Euros.

De seguida, pelas 11h00 deslocaram-se para a Avenida 5 de Outubro, em Lisboa, onde, pelo mesmo método (arrombamento da porta de entrada) se apoderaram de artigos em ouro, relógios e quantias monetárias avaliadas em cerca de 22.000,00 Euros.

Após estes assaltos às residências, os três suspeitos que seguiam numa viatura de matrícula francesa, vieram a ser intercetados na Avenida da Ponte, tendo-lhes sido apreendido os artigos furtados no interior das residências. 

No seguimento das diligências foi ainda apreendida a viatura em que se faziam transportar bem como uma quantia avultada em dinheiro que os mesmos possuíam e que se suspeita ser proveniente de outras residências assaltadas. 

Os três detidos, não possuem qualquer atividade lícita, nem residência fixa no nosso país, havendo fortes indícios de que deambulam pelos vários países europeus a cometer este tipo de crimes, pelo que se terão constituído num grupo que, depois de aperfeiçoamento da técnica se dedica ao furto no interior de residências.

Os detidos foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva

Sem comentários:

Enviar um comentário