terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Detido falso funcionário

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, no dia 02 de fevereiro, pelas 11h00, procedeu à detenção em flagrante delito de um homem com 34 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de Burla. 

A detenção decorreu após o suspeito ter sido visto pelos polícias da PSP, a abordar os transeuntes, utilizando um colete de cor vermelha com o logótipo de uma instituição (CAIS), e com várias revistas pertencentes à mesma. 

Ao aperceber-se da presença policial, adotou um comportamento suspeito, retirando o colete e escondendo as revistas no interior de uma mochila, motivo pelo qual foi abordado. Foi possível apurar de que se trataria de um falso funcionário pois não trazia a identificação para tal e após contato com a instituição, veio a confirmar-se tal suspeita.

O detido foi presente na Instância Local, Seção de Pequena Criminalidade de Lisboa, tendo sido marcada audiência de julgamento para dia 21 de fevereiro.

A PSP aconselha os possíveis compradores para, nestas situações, verificarem se o vendedor possui: 

Colete identificativo de cor amarela;
Cartão de identificação de funcionário;

Confira, sempre, se o número da vinheta aposta no cartão de identificação corresponde ao número que está no colete.

Caso detete alguma irregularidade, comunique essa situação às autoridades. 

Sem comentários:

Enviar um comentário