sexta-feira, 26 de maio de 2017

Detido por Burla

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 22 de maio, pelas 07h40, na freguesia da Cova da Piedade, em Almada, no cumprimento de duas buscas domiciliárias e de um Mandado de Detenção fora de flagrante delito, procedeu à detenção de um homem, com 46 anos de idade, por ser suspeito da prática de vários crimes de Burla Qualificada.

O suspeito contatava com empresários do ramo imobiliário e automóvel fazendo-se passar por engenheiro do ramo de insolvências e comercializando alegados imóveis ou veículos. Após isso, requeria o pagamento de um sinal para assegurar as compras que entrava assim na sua esfera patrimonial.

Outra das burlas de que o detido é suspeito prendia-se com o arrendamento de imóvel, por si próprio, protelando ao máximo o pagamento da caução e das rendas, facultando, após muita pressão por parte do proprietário, um documento falso como comprovativo do pagamento das rendas através de transferência bancária, utilizando essa morada para encomendar artigos que, pela sua dimensão, são entregues no domicílio de quem os adquire, esquivando-se assim do pagamento dos mesmos.

Os vários crimes foram praticados desde 2010, em diversas zonas do país e ascendem já os milhares de euros.

No decorrer das diligências processuais foi possível a apreensão de equipamento informático e diversos documentos cruciais para a prova.

O detido foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva.

Sem comentários:

Enviar um comentário