segunda-feira, 8 de maio de 2017

Brigadas de Proteção Ambiental (BriPA) da PSP de Lisboa realizam 135 operações na área ambiental

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através das suas Brigadas de Proteção Ambiental (BriPA), ao longo dos primeiros quatro meses de 2017, realizou um total de 135 operações direcionadas para a área ambiental, 11 das quais envolvendo outras entidades, nomeadamente o ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas), a CCDR-LVT (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo), a AT (Autoridade Tributária) e as autoridades médicas veterinárias municipais, além das suas divisões territoriais.

No âmbito destas ações de fiscalização, foram detetadas 252 infrações de natureza contraordenacional, 187 das quais diretamente ligadas à área ambiental, entre as quais se destacam 30 relativas a infrações no âmbito da Convenção CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies de Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção).

Foram ainda detetadas 5 infrações de natureza criminal, sendo uma por falsificação de documentos, uma por desobediência, uma por maus tratos a animais de companhia, e duas por crimes de danos contra a natureza, uma das quais deu origem à detenção de 4 homens.

Foram apreendidas 20 aves, 3 ovos de ave, 110 objetos que continham, no todo ou em parte, espécimes de espécies de animais em risco de extinção, 2 répteis e 2 canídeos.

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (COMETLIS) continuará a apostar de forma estratégica na área ambiental, através da sensibilização da população para esta problemática, bem como da fiscalização dos comportamentos ilícitos.

Sem comentários:

Enviar um comentário