sexta-feira, 7 de abril de 2017

Execução de mandado de busca não domiciliária

No dia 6 de abril de 2017, pelas 12 horas, o representante legal da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, E.M. S.A (EMEL) apresentou denúncia, na 3ª Esquadra de Investigação Criminal do Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP), contra desconhecidos, pelo furto de doze (12) parquímetros que se encontravam instalados em várias artérias da freguesia de Carnide. 

O furto referido terá ocorrido entre as 23h00 do dia 5 de abril e as 9h00 do dia 6 de abril. A PSP tomou conhecimento de que os parquímetros em questão se encontravam numa viatura parqueada junto da Freguesia de Carnide, o que foi verificado quando os polícias se deslocaram ao local. A PSP solicitou ao Ministério Público que fosse emitido, pela entidade judicial competente, mandado de busca, o que aconteceu. Na posse do mandado judicial,a PSP executou o mesmo, procedendo à apreensão dos parquímetros e da viatura onde estes se encontravam. Os equipamentos foram entregues ao legal representante da empresa EMEL e a viatura foi entregue à Junta de Freguesia de Carnide, que ficou como fiel depositário da mesma.

O processo judicial seguirá os seus trâmites normais e a PSP, como dela se espera e é sua obrigação, atuará no estrito cumprimento da Lei.

Sem comentários:

Enviar um comentário