terça-feira, 4 de abril de 2017

Detido pelos crimes de lenocínio e auxílio à imigração ilegal

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 29 de março, pelas 15h00, na freguesia de São Julião do Tojal, em Loures, procedeu à detenção de um homem, com 25 anos de idade, por ser suspeito da prática dos crimes de lenocínio e auxílio à imigração ilegal.

Após diligências investigatórias, apurou-se que o suspeito era responsável pela gestão de três casas onde era desenvolvida a atividade ilícita, da qual retirava os devidos proventos económicos.

No âmbito da investigação criminal, que decorria há cerca de nove meses, foram cumpridos cinco mandados de buscas domiciliárias e um mandado de detenção, emitidos pela Autoridade Judiciária, tendo sido possível apreender duas viaturas de alta cilindrada, documentação relacionada com a atividade, bem como cerca de 7.000 Euros em numerário do BCE.

Nas diversas casas foram localizados cidadãos em situação irregular no território nacional, o que resultou na detenção de uma mulher e ainda à notificação para o abandono voluntário do país de mais quatro homens.

O detido, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de ilícitos, foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva.

Sem comentários:

Enviar um comentário