sábado, 22 de fevereiro de 2014

Mulher detida por burla

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão de Investigação Criminal, procedeu dia 20 de fevereiro pelas 11h00 na Avenida Fontes Pereira de Melo à detenção de uma mulher de 57 anos de idade pelo crime de Burla. 

A suspeita abordou uma mulher de 39 anos de idade na via pública dizendo-lhe que era vidente e que se dispunha a ler-lhe a sina por uma quantia de € 2, ajudando-a a superar os problemas pelos quais estaria a passar. 

Deste modo, e explorando as fragilidades de foro pessoal da vítima, convenceu a mulher a entregar-lhe o dinheiro que tinha consigo no total de €75. 

Não satisfeita com o resultado convenceu a mulher a entregar-lhe 2 anéis que esta usava no valor de €350 fazendo-a crer que iria fazer rezas e celebrar missas para que os seus males passassem. 

A suspeita acompanhou ainda a vítima a uma dependência bancária efetuando dois levantamentos no total de €500, tendo neste espaço de tempo a PSP sido alertado, deslocando polícias para o local, localizando, identificando e detendo a suspeita na posse dos itens anteriormente descritos e ainda de €110 em numerário, suspeitos de serem proveniência desta atividade ilícita e pela qual a suspeita já se encontra referenciada.

À Arguida, foi ontem aplicada a medida de coação de apresentações semanais pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

Sem comentários:

Enviar um comentário