sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Investigação Culmina com mais 1 Kg de Heroína Apreendida

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Esquadra da Divisão Policial de Loures com apoio do Departamento de Investigação Criminal da DN/PSP, no âmbito da luta contra a criminalidade geral e em particular no domínio do tráfico de estupefacientes, entre o dia 11 e o dia de ontem, efetuou a detenção de quatro suspeitos da prática do crime de tráfico de estupefacientes na zona do Infantado – Loures, em Odivelas e Agualva - Sintra. 

Desde Fevereiro de 2012 que a Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Loures investiga uma rede organizada de tráfico de estupefacientes que se dedica ao abastecimento de “Heroína” na Grande Lisboa, nomeadamente nos concelhos de Loures, Odivelas, Sintra e Amadora.

Nesse sentido e numa primeira fase da investigação, foi possível em Maio de 2012 deter três homens pela da prática deste ilícito, tendo esta parte da investigação culminado na apreensão de cerca de 250 g de produto estupefaciente suspeito de ser “HEROÍNA”.

Numa segunda fase foi possível apreender cerca de 30 Kg de produto para aumentar a quantidade de estupefaciente (“produto de corte”), retirando grau de pureza ao mesmo. Nesse momento, foi possível constatar a elevada dinâmica da organização e evoluir para a fase seguinte da investigação, em que já identificada grande parte da rede, foi possível em Novembro de 2012 proceder à detenção de cinco suspeitos (neste momento já com condenações de 8 a 12 anos de prisão efetiva), tendo esta fase da investigação culminado na apreensão de:
  • Duas armas de fogo;
  • Cerca de 28 Kg de produto estupefaciente suspeito de ser Heroína;
  • Cerca de 102.000 Euros do Banco Central Europeu, em dinheiro;
  • 1 Prensa hidráulica; e
  • Cerca de 1 Kg de produto de corte.
Neste sentido e numa última fase da investigação procedeu-se à detenção de 4 homens, com idades compreendidas entre os 25 e os 43 anos, tendo no seguimento de buscas domiciliárias e a viaturas, sido apreendido o seguinte material:
  • 13.329 doses individuais, com um valor no mercado avaliado em mais de 65.000 Euros;
  • 14.333,98 g de “produto de corte”;
  • 11.611€ em numerário; 
  • 2 Balanças de precisão;
  • 1 Moinho;
  • 1 Prensa hidráulica de grandes dimensões;
  • 3 Viaturas (duas delas de gama alta);
  • 1 Cofre;
  • 1 Máquina de contar notas/dinheiro;
  • 1 Secador;
  • 15 Telemóveis e;
  • Vários utensílios utilizados no corte/adulteração do produto estupefaciente.
Os detidos, em que um deles entre Fevereiro e Julho de 2013 esteve preso em França por ter sido intercetado na posse de 500.000 Euros em dinheiro, serão presentes no decorrer do dia de hoje a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Loures para aplicação das respetivas medidas de coação.

Por último importa salientar que com o fim desta investigação, com a detenção destes quatro suspeitos e com a prisão efetiva de grande parte dos indivíduos pertencentes à organização criminosa, a Polícia de Segurança Pública acredita ter terminado com a atividade delituosa desta importante rede.

Sem comentários:

Enviar um comentário