quarta-feira, 7 de março de 2018

Detetados quatro suspeitos de simulação de crime de Roubo

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, através da Divisão Policial de Loures, no decorrer dos meses de janeiro e fevereiro de 2018, registou quatro situações de simulação de ilícito criminal.

As situações verificadas dizem respeito à simulação de roubo de telemóvel por parte dos proprietários e, numa lógica de acompanhamento das vítimas de crimes violentos e graves, os polícias da PSP, desde logo, estabeleceram contacto com as alegadas vítimas no sentido de obter dados que permitissem conduzir à identificação dos suspeitos e ativar a geolocalização dos aparelhos que teriam sido roubados.

No seguimento das diligências efetuadas, verificaram-se várias incongruências e contradições entre a narrativa das alegadas vítimas, quer na altura da ocorrência quer nos contactos posteriormente estabelecidos, levantando suspeitas quanto à veracidade das denúncias, levando a que os supostos queixosos acabassem por confirmar a simulação do ilícito, perdendo, por isso, a condição de vítima, passando a suspeitos pela prestação de falsas declarações.

Os intervenientes nas quatro situações detetadas foram constituídos arguidos e prestaram Termo de Identidade e Residência (TIR).

A Divisão Policial de Loures tem, com efeito, envidado esforços no sentido de desmontar este tipo de cenários simulados, almejando, em paralelo à devida responsabilização dos falsos denunciantes, o cerceamento dos dados estatísticos empolados que em muito contribuem para a agudização do sentimento de insegurança das populações. 


Sem comentários:

Enviar um comentário